O Governo português saúda a decisão hoje tomada pelo Conselho Geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), que confirma a nomeação unânime da nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala como nova Diretora-Geral, colocando fim a um processo de vários meses.

O Governo português destaca a competência e o ímpeto reformista que a Dra. Ngozi Okonjo-Iweala mostrou ao longo do seu destacado percurso profissional e manifesta a sua confiança de que, sob a orientação da nova Directora-Geral, a OMC possa recuperar a sua vitalidade, enquanto entidade central e liderante na dinamização e regulação da agenda comercial multilateral.

O Governo português salienta ainda, com grande satisfação, que a OMC será, pela primeira vez nos seus 26 anos de existência, chefiada por uma mulher, que é também de origem africana, permitindo que os países africanos assumam, também na OMC, o protagonismo que lhes corresponde.

 

Publicado originalmente no Portal Diplomático

  • Partilhe